Instituto Presbiteriano Vale do Tocantins
Rua Tapajós, 151 – Tel.: (63) 3602-1701 – Fax: (63) 3602-2694
CEP: 77.600-000 – Centro - Paraíso do Tocantins - TO

segunda-feira, 9 de maio de 2011

PRESBI RECEBE PRÊMIO

O Instituto Prebiteriano Vale do Tocantins foi premiado, pelo Instituto Unibanco, por seu bom desempenho no Programa de Educação Financeira. A premiação será no Workshop Internacional no Rio de Janeiro, dias 09 e 10 de maio de 2011.

Sônia Ruzza, funcionária do Instituto e multiplicadora do Programa na UE, está representando a escola no Rio de Janeiro.

Premiação: Diretor, multiplicador e geradores ( que executaram o programa em 2010) receberão: 1 netbook para cada. Turma: 1 passeio ou 1 mp4, por aluno.

Parabéns à equipe!

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Pré- seleção do Programa Líderes Internacionais em Educação

Escrito por Josélia de Lima Qua, 13 de Abril de 2011 10:39 Qua, 13 de Abril de 2011 10:39

A professora de Língua Inglesa Divone Silva Vaz Coelho, do Instituto Presbiteriano Vale do Tocantins, em Paraíso, foi uma das classificadas numa lista de 30 candidatos que participarão da próxima fase do programa Líderes Internacionais em educação a professora de Língua Inglesa Divone Silva Vaz Coelho, do Instituto Presbiteriano Vale do Tocantins, em Paraíso, foi uma das classificadas numa lista de 30 candidatos que participarão da próxima fase do programa Líderes Internacionais em Educação. O programa é uma iniciativa da Embaixada Americana no Brasil em parceria com o Consed – Conselho Nacional de Secretários da Educação. Os professores vencedores no processo participarão de um curso de aperfeiçoamento de cinco meses nos Estados Unidos, previsto para acontecer entre os meses de janeiro e maio de 2012. O programa é uma iniciativa da Embaixada Americana no Brasil em parceria com o Consed – Conselho Nacional de Secretários da Educação. Durante os cinco meses, os professores terão aula nas universidades parceiras do programa e poderá estagiar em uma escola americana. O próximo passo para Divone é fazer a prova prática. Os participantes com os melhores resultados no teste participarão de uma entrevista. O Consed enviará para a Embaixada Americana o resultado com a lista de professores que obtiveram melhores resultados para a seleção final. Durante os cinco meses, os professores terão aula nas universidades parceiras do programa e poderá estagiar em uma escola americana. O próximo passo para Divone é fazer a prova prática. Os participantes com os melhores resultados no teste participarão de uma entrevista. O Consed enviará para a Embaixada Americana o resultado com a lista de professores que obtiveram melhores resultados para a seleção final.


Escrito por Josélia de Lima Qua, 13 de Abril de 2011 10:39 Qua, 13 de Abril de 2011 10:39


sexta-feira, 8 de abril de 2011

quinta-feira, 7 de abril de 2011

PROJETO ÀGUA É VIDA

PROJETO:ÀGUA É VIDA
OBJETIVO
Promover na escola e na comunidade a consciência e a responsabilidade de preservar e cuidar da água, pois preservar á água é preservar a vida.
Despertar a consciência e responsabilidade social com os recursos naturais que temos em nosso planeta e o que é indispensável a nós, seres humanos, nosso bem maior, a água!

SOCIALIZAÇÃO
Dia: 24 de março de 2011
Horários:
Matutino
08:00 - exposição de trabalho
09:45 - apresentações artísticas
Local: Ginásio Poliesportivo Marise Madalena dos Anjos

ORGANIZAÇÃO
Responsável: Profª. Luzinete Rosa B. Oliveira

Corpo docente e discente – IPVT
APOIO:
-Professoras Maria Clarinda, Maria José, Sineide, Elizângela e Eunice
-Equipe Diretiva do Instituto
DICAS PARA ECONOMIZAR ÁGUA
Escovar os dentes: Sempre com a torneira fechada.
Tomar banho: Nunca mantenha a água caindo sobre o corpo durante todo o tempo.
Lavar o carro: Esqueça a mangueira e use o balde: é mais econômico.
Limpar a calçada: Use a vassoura e não a mangueira.
Fazer a barba: Feche a torneira, a economia será de 10 litros de água durante apenas 5 minutos.
Lavar a louça: Ensaboe a louça e depois a enxágüe de uma única vez.
Torneira pingando dia e noite, nem pensar.
Gasta cerca de 46 litros de água por dia e mais de um m³ por mês.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010


A COLETA SELETIVA É UM PROJETO QUE DEVEMOS ADERIR!
Felix Benício Ferreira Neto 2º A

Atualmente são poucas as cidades que possuem um projeto de coleta seletiva do lixo e isso não é diferente na cidade de Paraíso do Tocantins, localizada praticamente no centro do Estado do Tocantins, as margens da BR. 153 e a 60 KM da capital, que segundo dados estatísticos é a quarta maior economia do estado, com aproximadamente 43 mil habitantes.
São imensos os benefícios trazidos pela coleta seletiva, como por exemplo: reduz a extração de recursos naturais, diminui a poluição de recursos naturais, diminui a poluição do solo, da água e do ar, economiza energia e água, diminui os custos da produção, com o aproveitamento de recicláveis pelas indústrias, melhora a limpeza urbana, gera emprego e renda pela comercialização dos recicláveis, que no meu ponto de vista constituem-se em benefícios indispensáveis ao bem estar de uma coletividade.
Depois de termos o conhecimento de todas essas vantagens, podemos chegar ao seguinte questionamento: “Por que em pleno século XXI, Paraíso do Tocantins, não possui coleta seletiva?” Sabemos que todo resíduo de uma cidade é de responsabilidade das prefeituras. Dessa maneira se não existirem iniciativas municipais, dificilmente a coleta será executada. Outra dificuldade a ser vencida é a falta de mecanismos para a coleta.
Sem dúvida esse assunto é muito polêmico dentro das escolas, principalmente nas cidades onde não possui esse projeto, pois os professores ao incentivarem os alunos a coletar, muitos jovens dizem, “Que não adianta eles fazerem a seleção do lixo em suas residências e a cidade não fazer a sua parte, ou seja, a parte administrativa do município”. Penso que nesse ponto os alunos estão inquestionavelmente corretos.
Segundo a Constituição Federal, título VIII, capítulo VI, art. 225: “Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencialmente à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preserva-lo para os presentes e futuras gerações.”
Sendo assim, é de suma importância a coleta seletiva, porque com ela é mais fácil lutarmos contra os problemas ambientais e ajudarmos a difundir a sustentabilidade.
Assim, fica claro que a decisão não está somente em nossas mãos, mas também das autoridades que elegemos para zelar por nossa pátria, uma vez que com a união da comunidade e o uso da democracia podemos conseguir mudanças significativas e em conseqüência desse ato, um futuro melhor.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010












50 anos de Instituto Presbiteriano